4 Comments

WInterviews MMA #1 – Luis ‘Beição’ Ramos

Boa tarde fãs de MMA, curtiram o TUF ontem? Ainda não viram? Então desce um pouco mais que tem a cobertura completa, inclusive com o vídeo do episódio para quem quiser ver! Assistiu? Gostou? Pode comentar, dizendo o que achou. Estreando nessa segunda-feira, temos a primeira edição do quadro WInterviews MMA, e nossa primeira entrevista é um dos representantes nacionais no UFC, sim meus amigos, o entrevistado da vez é LUÍS BEIÇÃO! Não sabe quem é? Clica aí embaixo que você vai descobrir!

Luís ‘Beição’ Ramos (19-7) é um lutador de 31 anos, do Rio de Janeiro que faz parte do UFC. Beição luta na categoria de peso meio-médio e faz parte de uma das maiores equipes de MMA do Brasil, a Nova União. Beição tem 1,72 de altura e 77kg e tem 19 vitórias em seu cartel, além de 7 derrotas.

Luís Beição estreou em 2001, vencendo Rogerio Sagate no evento Brazilian Gladiators 1 e desde então seguiu um caminho de sucesso, Beição hoje é faixa marrom de Jiu-Jitsu e tem vitórias sobre grandes nomes do MMA nacional, como Luciano Azevedo e Maurício Reis.

Luís Beição estreou no UFC com derrota para Erick Silva por nocaute em apenas 40 segundos no UFC Rio e voltará ao ringue para enfrentar Matt Riddle no UFC On FX 4, que acontecerá no dia 22/06 em New Jersey.

Confira a entrevista abaixo:

Lucas Lutkus- O que está achando do The Ultimate Fighter Brasil? Tá torcendo pra alguém?

Luís Beição – Acho que será um grande destaque, será muito bom pois é em TV aberta, torço para que o reality show exploda e as grandes empresas comecem a apoiar mais o esporte. Dentre os lutadores eu torço pro Délson ‘Pé-de-Chumbo’ Heleno, com quem eu já treinei.

Lucas Lutkus – Conte-nos mais de como você chegou ao UFC, como foi o contato da empresa com você?

Luís Beição – Tinha acabado de lutar o WOCS no fim de julho (a luta está acima) e já estava fechando minha participação no AFC 1 em Manaus para lutar contra o Nate Marquadt ou o Josh Burman, eu iria iniciar meus treinamentos em agosto quando eu voltasse de Brasília, onde estava ajudando meu mestre André Pederneiras no SHOOTO, daí o José Aldo me ligou e falou: ‘Beição, você vai lutar no UFC do Rio’. Aí eu falei: ‘Júnior, deixa eu comer minha pizza em paz’ e desliguei (risos). Ele ligou de novo e me disse: ‘Sério cara, você vai lutar lá, o Ed me ligou e quer que você lute’. Eu fiquei super feliz na hora, mas sabia que não estava preparado. Eu tive 20 dias pra perder 14 kg (risos) foi isso.

Lucas Lutkus – Qual foi o momento mais difícil da sua carreira no MMA?

Luís Beição – Com certeza foi quando eu estava no Gracie Barra (equipe de MMA) onde quase nunca tinha luta e o empresário era amador, fora isso só tive treinos bons com a galera que veio do Ruas (Equipe de MMA) comigo junto com outros que eram já da Gracie Barra, e foi lá onde iniciei meu treinamento de Jiu-Jitsu

Lucas Lutkus – E qual foi o melhor momento da sua carreira?

Luis Beição – Com certeza meu melhor momento está sendo agora na Nova União, onde sou muito bem tratado. A galera toda gosta de mim, eu brinco com todos e minha vida profissional deu um salto de 10 pra 100 graças a seriedade do mestre André Pederneiras, que sempre me disse: “Não te prometo nada, só treino”. E foi lá que ganhei todos meus cinturões, o do SHOOTO Sul-Americano, do SHOOTO Mundial e do WOCS GP.

Lucas Lutkus – Você tem 31 anos, alguns consideram isso uma certa idade no MMA, onde você se vê daqui uns 5 anos?

Luís Beição – Na verdade eu me considero em minha melhor forma, tanto física quanto mental, acho que é o tempo do amadurecimento e graças a deus enxerguei este momento, daqui cinco anos eu me vejo em outra profissão, não mais lutando (risos).

Lucas Lutkus – Até que idade você pretende lutar?

Luis Beição – Eu sempre disse que lutaria até meus 34 anos, mas se eu continuar no UFC até lá eu com certeza extenderei isso mais um pouco.

Lucas Lutkus – Qual sua opinião na atitude da Record em divulgar os vencedores do TUF e falar mal do MMA?

Luís Beição – Acho isso uma falta de ética e extremo desrespeito com outros profissionais, acho que todos os lutadores, até as grandes lendas que não lutam mais já passaram por este momento (que os lutadores do TUF Brasil estão passando) e a Record quer estragar tudo. Infelizmente eles falam mal porque perderam a briga para ter o UFC em sua grade de TV.

Lucas Lutkus – Qual foi a melhor luta da sua carreira?

Luís Beição – A melhor luta foi no GP do WOCS, onde eu sempre tive vontade de lutar mais de uma luta por noite e com muita sorte e dedicação eu consegui sair vitorioso em ambos combates, já o melhor momento foi quando eu conquistei o cinturão do SHOOTO Mundial, pois abriu muitas portas em todo o mundo para eu lutar.

Lucas Lutkus – Qual sua estratégia para a luta contra Matt Riddle?

Luís Beição – A princípio o Dedé (André Pederneiras, presidente da Nova União) queria que eu lutasse em pé e botasse pra baixo pra pegar ele no chão, agora depois dessa última luta dele (Matt Riddle venceu Henry Martinez por decisão dividida no UFC 143) eu estou indo pra casa do Dedé todo sábado estudar com ele, igual a tempo escolar (risos) e então conforme a luta for chegando, nós vamos por em prática o que eu tenho que fazer.

Lucas Lutkus – O que acha dessa explosão do MMA no Brasil recentemente?

Luís Beição – Acho isso maravilhoso, devemos tudo isso a todos os lutadores Brasileiros que brilham lá fora e sempre carregaram a bandeira de nosso país.

Lucas Lutkus – Como é fazer parte da Nova União? Como é o convívio com as grandes estrelas do grupo?

Luís Beição – Fazer parte da Nova União é uma honra e um imenso prazer, nós somos um grupo onde todos ajudam todos de todas as formas possíveis, seja em luta, treino ou até mesmo financeiramente. Pode ter certeza que em ninguém lá rola um pingo de vaidade. Lá é uma grande festa, pode ter certeza que não tem um dia que a galera não dê risadas nos treinos.

Lucas Lutkus – Mande uma mensagem para seus fãs!

Luís Beição – Queria agradecer a todas as pessoas que sempre acreditaram em mim, que me apoiam cada vez mais após minha estreia no UFC, a todos que me mandam sempre mensagens positivas no facebook e quero avisar a todos que dia 22 de junho no UFC on FX 4, eu, Luís Beição, estarei muito preparado para fazer essa luta contra Matt Riddle e conto mais uma vez com o apoio da galera!
Bom pessoal, é isso, espero que tenham gostado e tentaremos muitas outras entrevistas exclusivas para você que acessa e apoia o In The Fight Club, muito obrigado por ler até aqui e dia 22/06 estaremos todos junto sem dúvidas torcendo muito para essa excelente pessoa que é o Luís Beição levar mais uma pra casa! WAR BEIÇÃO!

About Lucas Lutkus

Acessem http://winformativo.com/ e https://inthefightclub.wordpress.com/

4 comments on “WInterviews MMA #1 – Luis ‘Beição’ Ramos

  1. […] com boas surpresas e o The Chosen 10 também! Se curtirem então mata um pouco do tempo clicando aqui para ler a entrevista e ver meu blog Abraços! Curta ou trolls irão te pegarShare on TumblrGostar […]

  2. O Cara parece ser super gente boa, mas se perder pro Riddle, infelizmente será Cortado.

    • acho que ele não perde, o Riddle se exibiu muito mal contra o Henry Martinez e quem já viu o Beição lutando 100% sabe do talento que ele tem

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: