Leave a comment

Cobertura – Jungle Fight 38

Para acompanhar a cobertura do evento, clique abaixo!

Evento: Jungle Fight 38 – Marajó vs. Crocotá

Data: 28/04/2012 (Sábado)

Horário: A partir das 21h

Onde Passa: Premiere Combate

O IN THE FIGHT CLUB FARÁ A COBERTURA AO VIVO DO EVENTO!

Card do evento:

Altair Alencar vs. Manoel Sandro

Round 1.

Alencar já acerta um high kick logo no começo da luta e Manoel Sandro procura o takedown, Altair defende e é empurrado na cage, Sandro tenta usar o wrestling, Alencar sai e acerta bons diretos, Alencar parte pro takedown e Sandro tenta uma guilhotina, Alencar entra em side control, mas continua na guilhotina, ele finalmente consegue se livrar e Sandro consegue se levantar, puxando novamente para a guilhotina, Alencar sai da guilhotina e fica em half guard, Alencar acerta alguns strikes e vai pra full guard, ele continua acertando golpes e Sandro se levanta, Alencar não o deixa levantar, encaixa uma guilhotina e o puxa pra baixo encaixando perfeitamente a guilhotina. Altair Alencar vence a luta por submissão (guilhotina) em menos de 3 minutos de luta.

Alberto Pantoja vs. Alexandre Capitão

Round 1.

Pantoja tenta um chute a lá Anthony Pettis e é quedado, Capitão não perde tempo e o derruba, pegando suas costas e tentando um rear naked choke, Pantoja consegue sair, mas Capitão puxa novamente, Pantoja não consegue sair da submissão e desiste no início do 1º round. Alexandre Capitão vence a luta por submissão (rear naked choke) logo no início da luta.

José Eubes vs. Adson Lima

Round 1.

Eubes começa a luta com um low kick, Lima devolve, Lima acerta outro low kick e eles trocam low kicks esse começo, eles vão pra trocação franca e Lima acerta um ótimo straight e algumas joelhadas que fazem Eubes recuar um pouco, a luta volta a ficar morna e Eubes procura usar sua maior envergadura para minar seu oponente nos low kicks, Lima entra facilmente com socos, acertando vários em Eubes, Eubes tenta um low kick e é acertado por um fortíssimo straight, cambaleando pra trás e fugindo novamente, Eubes se recupera, vai pra cima, tenta entrar e acaba levando vários golpes novamente, Eubes está muito mal de pé e Lima tranquilamente vence o round, Lima acerta um high kick e quase acerta um uppercut, Eubes continua tentando trocar, mas não consegue acertar nenhum golpe, Eubes finalmente acerta um high kick defendido por Lima e Eubes vai pro takedown, Lima encaixa uma guilhotina, solta, se levanta e queda, porém cai por baixo com Eubes em half guard por cima, Eubes monta com 2 minutos restantes e tenta trabalhar no ground n’ pound, Lima faz Eubes voltar ao half guard, Eubes se levanta e Lima fica no chão, Eubes fica trabalhando com low kicks e Lima se levanta após Eubes provocá-lo, Lima aproveita a distração de Eubes para derrubá-lo e cair em full guard, Lima se levanta e acerta um fortíssimo soco em Eubes, Lima tenta um leg lock, erra e Eubes reclama de uma pedalada ilega, Eubes fica por cima e Lima no chão, Eubes reclama de outra pedalada, esta legal, e fica tentando acertar golpes sem sucesso, o round acaba.

Nota de Lucas Lutkus: Lima 10-9

Round 2.

Eubes tenta um high kick e acerta um bom low kick, Lima tenta entrar com alguns socos sem sucesso, Lima acerta um belo high kick, Lima tenta um body kick que parece nem acertar Eubes, que reclama dizendo que foi um golpe baixo, Eubes reclama muito e o replay mostra que o golpe realmente não pegou, o público vaia muito, Eubes só se prejudica fazendo isso… A luta volta e os dois vão pra trocação franca, Lima acaba tropeçando, Eubes vai com tudo pra cima, eles trocam muito, Eubes tenta uma joelhada voadora seguida de uma standing guillotine, Eubes puxa pra guarda e Lima fica por cima, o juiz levanta ambos pois parte da bandagem de Eubes saiu da luva e Lima, a luta para novamente. A luta volta, Eubes tenta um jab e recebe um straight, Lima acerta um low kick seguido de high kick, Eubes erra um low kick, Lima acerta excelentes hooks em Eubes que sente, mas não cai! Eubes está mostrando pouca técnica e antidesportivismo, mas um excelente queixo nesta luta! Lima começa a trabalhar com fortíssimos low kicks e Eubes só se defende, Eubes finalmente tenta um takedown e Lima cai, Eubes cai em full guard, Lima golpeia por baixo em Eubes que nem se defende, Eubes vai pra half guard, Eubes tenta montar, não consegue e se levanta. Lima fica no chão e Eubes tenta acertar golpes de pé, mas eles saem muito fracos, com poucos segundos para o fim de round, o juiz levanta Lima e o round acaba.

Nota de Lucas Lutkus: Lima 10-9

Round 3.

Eubes tenta um high kick e alguns socos, mas não acerta nada, Eubes tenta um jab e escapa de outro, Lima começa o round mais cauteloso, se defendendo e trabalhando apenas no counter-striking, Lima acerta um low kick e um straight, Eubes acerta um high kick, se desequilibra e cai, Lima entra com um superman punch e os dois trocam no chão com Lima por cima, Eubes começa a se defender mais e Lima desce  os socos em Eubes que recebe vários, Lima continua acertando excelentes socos e Eubes se defende muito mal, Lima acerta golpes no rosto e na costela e Eubes se mostra muito cansado, Eubes tenta golpear por baixo sem sucesso e Lima continua golpeando, Eubes tenta o triângulo sem sucesso, as bandagens da luva de Eubes estão soltas novamente, mas a luta não é parada, Lima ainda por cima continua golpeando, o juiz levanta ambos e Eubes mostra a bandagem, a torcida vaia muito e Eubes arruma a bandagem, a luta volta de pé. Eubes tenta um spinning back fist extremamente telegrafado, Lima acerta um fortíssimo high kick e Eubes nem cambaleia, mostrando um queixo de titânio! Eubes tenta entrar com straights e Lima acerta um hook fortíssimo, Eubes vai pro clinch e a luta acaba.

Nota de Lucas Lutkus: Lima 10-9 (Lima 30-27 Eubes)

Decisão Oficial: Os 3 juízes dão a luta por decisão para o vencedor… ADSON ‘PREGUIÇA’ LIMA!

Otávio dos Santos vs. Paulo Henrique

Round 1.

Santos tenta um low kick, os dois se estudam no começo de round e Henrique explode pra cima de Santos, que recua e bate no cage, os dois voltam ao centro e Henrique explode novamente, sem acertar nenhum golpe em nenhuma das vezes, Henrique acerta um bom counter strike e Santos continua trabalhando apenas nos low kicks, Santos tenta mais um low kick e Henrique vai novamente pra cima, swingando e tentando o nocaute, Santos começa a luta muito mal e tenta o takedown, que é defendido, Henrique vai pra cima e está muitíssimo melhor na luta, Santos tenta um swing, perde o equilíbrio e cai, bizarro. Henrique cai por cima, vira e sai em full guard, Henrique está por cima e mostra um sangramento abaixo do olho. Henrique fica por cima procurando espaço e Santos mostra uma técnica melhor no chão do que em pé, Henrique ainda assim é melhor e vai para half guard, começando a trabalhar no ground n’ pound, Santos se levanta e eles voltam de pé, Santos tenta um body kick totalmente telegrafado, é derrubado e Henrique cai em side control e começa a acertar mais golpes, Santos cede as costas e Henrique procura o rear naked choke, Santos está totalmente perdido na luta e Henrique consegue o rear naked choke, apertando muito forte, Santos consegue sobreviver e volta a dar as costas, Henrique golpeia fortemente e Santos só se defende, Henrique domina o round totlamente, Santos finalmente raspa e se levanta, Henrique fica no chão e seu sangramento está abundante. Henrique tenta se levantar e Santos aplica uma fraquíssima gulhotina, Santos tenta entrar e toma uma forte joelhada e cai, Henrique cai por cima e o round acaba.

Nota de Lucas Lutkus: Henrique 10-9

Round 2.

Santos tenta um swing péssimo e Henrique parte pro takedown, Santos se defende, Henrique vai com tudo pra cima e leva um fortíssimo straight, Henrique sente, cai e Santos puxa a guilhotina, Henrique não resiste e desiste!!!! Otávio Dos Santos vence por submissão (guilhotina) no início do 2º round!!! Que virada!

Diogo Cavalcanti vs. Deivison Francisco

Round 1.

Cavalcante acerta uma canelada voadora que entra em cheio em Francisco! Os dois voltam ao centro e Cavalcanti acerta um swing que desequilibra ambos os lutadores, Cavalcanti tem uma trocação muito diferente e acerta bons golpes, que confundem Francisco. Os dois se estudam bastante por quase um minuto, Cavalcanti tenta atacar e Francisco contra-ataca bem, Cavalcanti tenta outra canelada, mas esta é bem defendida, Francisco começa a se soltar mais e atacar mais Cavalcanti, que sempre que ataca encaixa combinações diferentes, Cavalcanti tenta um body kick, Francisco consegue segurar sua perna e quase o derruba, Cavalcanti tenta entrar, Francisco acerta 2 ótimos socos e Cavalcanti sente, ele se levanta e leva mais ou menos 15 socos e algumas joelhadas, Cavalcanti foge da chuva de socos e eles se cumprimentam enquanto a torcida aplaude muito, Cavalcanti tenta um high kick sem sucesso, os dois se estudam bastante, mas quando há ação é excelente! Cavalcanti derruba e cai em side control e parte em norte-sul, Cavalcanti tenta o leg lock sem sucesso, o round está em seu final e o round acaba.

Nota de Lucas Lutkus: Francisco 10-9

Round 2.

Os dois se estudam muito no começo de round, Francisco é mais direto e menos acrobático em seus strikes, acertando mais golpes nesse começo de round, Francisco acerta um low kick, Cavalcanti tenta um front kick, Francisco desvia e acerta 2 bons straights, Cavalcanti instintivamente parte pro takedown e vai pra side control, Francisco tenta se levantar e Cavalcanti encaixa uma standing guillotine! Francisco sai da guilhotina e a torcida aplaude muito! Os dois voltam a se estudar, que luta sensacional! Cavalcanti acerta um jab, Francisco tenta entrar e Cavalcanti queda sem dificuldades, Francisco enxaixa uma guilhotina enquanto Cavalcanti se estabiliza em side control, Francisco se levanta e Cavalcanti tenta manter Francisco na grade sem sucesso, eles voltam para o meio. Francisco tenta uma sequência sem sucesso, 1 minuto para o fim da luta e Francisco é quem ataca mais nesse momento, Cavalcanti só se defende e recebe um forte low kick, Cavalcanti continua apenas rodando nesse minuto final de luta, não tentando absolutamente nada, Francisco vai pra cima, Cavalcanti se assusta, faz que vai correr e não corre e toma fortes socos após abrir a guarda, ele cai e é salvo pelo gongo! Fim de round!

Nota de Lucas Lutkus: Francisco 10-9

Round 3.

Os dois se estudam sem golpear nos primeiros 50 segundos, Francisco tenta uma sequência que é bem defendida, Francisco ataca novamente e acerta um soco que faz Cavalcanti ir pra trás, Cavalcanti tenta atacar sem sucesso, Francisco acerta uma boa combinação, Cavalcanti vai pra trás e acerta um fortíssimo superman punch, Francisco se mantém em pé e os dois voltam a se estudar nessa metade de 3º round. Cavalcanti consegue um single leg e cai em half guard, Cavalcanti está em full guard e procura o side control, os dois se levantam e se cumprimentam, Francisco acerta um jab, os dois trocam swings e Francisco acerta um, Cavalcanti vai pra grade e se recupera, os dois voltam ao meio, Francisco é quem ataca mais e começa a provocar após esquivar um swing, Cavalcanti acerta um bom golpe, Francisco vai pra trocação e Cavalcanti novamente consegue quedar no fim de round, Francisco se levanta e eles vão pro cage e trocam, fim de luta.

Nota de Lucas Lutkus: Cavalcanti 10-9 (Francisco 29-28 Cavalcanti)

Decisão Oficial: Por decisão dividida, o vencedor da luta é… DEIVISON FRANCISCO!

José Luis Medrano vs. Gabriel Soule

Round 1.

Os dois começam trocando sem contundência, Medrano vai mais pra cima e usa sua maior envergadura para atacar mais, MEdrano acerta um fortíssimo high kick em Soule, que sente o golpe, Medrano vai pra cima e cai em half guard sobre Soule, Soule fecha em full guard e Medrano começa a atacar por cima, Medrano continua melhor e Soule não sabe o que fazer para sair de baixo, a luta volta a ficar de pé e Medrano vai com tudo pra cima, acertando uma joelhada, Soule tenta um flying heel hook a lá Ryo Chinan e Medrano defende sem problemas, Soule mesmo assim procura o calcanhar, Medrano então monta sem problemas e começa a bater sem causar danos, ele continua batendo e Soule defende e o juiz acaba parando a luta precipitadamente! José Luis Medrano vence a luta por TKO (falha do juiz) (socos).

Iliarde Santos vs. Leandro Hygo

Round 1.

Os dois se estudam no começo de round, sem tentar absolutamente nada e apenas circulando, o público vaia e eles continuam sem ter ação alguma,  1 minuto sem nada… O juiz para a luta e pede alguma ação para ambos, eles continuam sem ação alguma, Hygo tenta um jab com 1m20 e este é o primeiro golpe da luta, Santos tenta um low kick, os dois não tentam nada, Hygo tentou alguns jabs e Santos um low kick e só, 2 minutos de luta se vão e nada acontece, Santos tenta um high kick, Hygo acerta um low kick, a torcida continua vaiando pela falta de ação, Hygo começa a ter alguma ação e tenta alguns golpes, Santos se defende e a luta volta pro meio, os dois trocam alguns socos, os dois começam a trocar mais e a luta está muitíssimo equilibrada, o juiz para a luta novamente, dá uma bronca e um aviso a ambos pela falta de ação na luta, os dois lutadores perdem 1 ponto na papeleta. Santos acerta um low kick, os dois continuam sem tomar ação, Hygo acerta um low kick, Santos tenta outro low kick sem sucesso, Santos tenta um swing sem suceso, Hygo contra ataca com um high kick, os dois voltam a não fazer nada e o round acaba com a torcida vaiando muito. Pode dar 0-0 na nota do round? Ridículo…

Nota de Lucas Lutkus: 9-9

Round 2.

Os dois voltam a se estudar no começo de round e a torcida volta a vaiar, os dois ficam somente se movimentando sem tentar golpes, a luta está fraquíssima… Hygo acerta um jab no corpo de Santos e acerta um low kick, eles finalmente começam a ficar ativos e Hygo tenta ir pra cima, Santos consegue um excelente takedown e cai em full guard para a alegria da torcida! A luta para no chão e o juiz os levanta, Hygo acerta bons jabs, erra um low kick e cai, Santos tenta entrar e quase toma um swing, Santos está tomando um enorme atraso na trocação e acerta pouquíssimos golpes, a luta volta a ficar morna, Santos tenta acertar golpes e Hygo só se esquiva, 2 minutos para o fim de round e Santos tenta um hook sem sucesso, Hygo não tenta nada e só se defende, Santos começa a chama-lo para a luta e Hygo acerta um body kick, Santos erra um low kick, Hygo erra um high kick por pouco, a torcida vaia muito, Santos acerta um excelente low kick que desequilibra Hygo! Hygo logo se levanta e acerta um straight, Santos parte pro takedown e Hygo se defende e quase acerta um fortíssimo swing, Santos tenta o takedown e acaba sendo derrubado, fim de round, um pouco melhor que o 1º…

Nota de Lucas Lutkus: Santos 10-9

Round 3.

Santos acerta um jab, Hygo responde com um low kick, Santos acerta um jab no corpo e Hygo tenta um swing, Santos consegue o takedown e fica em full guard, Santos procura sair da guarda e Hygo continua com a guarda muito bem fechada, Hygo parece que não quer lutar, não tentando nada, Santos tenta se desvincilhar da posição e acerta alguns golpes na costela de Hygo, Hygo acerta alguns socos por baixo e o juiz levanta ambos, a torcida vaia muito, os dois finalmente vão pra trocação franca e Hygo acerta bons golpes, incluindo uma joelhada voadora, Hygo tenta um high kick e Santos escapa para as costas, Hygo coloca a mão no chão e Santos tenta derrubar Hygo sem sucesso, Santos tenta pegar a perna sem sucesso, Hygo vai com tudo, leva Santos para a grade, tenta um judo trip e é arremessado com tudo no chão por Santos! Santos cai em full guard e fecha a guarda, o juiz logo levanta os dois, Hygo acerta um forte swing com 1 minuto restante, Santos acerta um fortíssimo uppercut no estômago de Hygo que sente, os dois voltam ao meio, Santos tenta um low kick sem sucesso, Hygo erra um uppercut e Santos esquiva bem, eles partem pro clinch e Hygo tenta um takedown no fim de round, Santos se defende bem e amarra Hygo, Santos consegue uma excelente reversão e derruba com tudo Hygo! Fim de luta que esquentou no fim, ainda vemos Iliarde Santos provocando alguém que estava sentado do lado do ringue que se levanta bravo.

Nota de Lucas Lutkus: Santos 10-9 (Santos 28-27 Hygo)

Decisão Oficial: Por decisão unânime o vencedor é… ILIARDE SANTOS!

Ildemar Marajó vs. Ediberto Crocotá

Round 1.

Marajó acerta um low kick, Crocotá segura um body kick e tenta um straight sem sucesso, Marajó acerta um low kick e vai pra cima, Crocotá luta com a guarda baixa e Marajó tenta aproveitar, atacando com socos que Crocotá consegue desviar, Crocotá acerta um low kick, Crocotá chama Marajó pra luta! Crocotá entra sem sucesso e Marajó vai pra cima acertando bons golpes, Crocotá não mostra força nos golpes e Marajó acerta um forte golpe fazendo Crocotá sentir e fugir, Marajó muito melhor nesse início de luta! Ele acerta um high kick e Crocotá começa a trabalhar mais nos counter strikes, Crocotá não consegue achar uma distância e continua apenas segurando chutes e acertando gracos socos, Marajó acerta um fortíssimo straight e Crocotá vai com tudo pro chão! Marajó vai por cima socando Crocotá que apaga e a luta acaba! Ildemar Marajó domina a luta e vence por TKO (socos) no 1º round!

About Lucas Lutkus

Acessem http://winformativo.com/ e https://inthefightclub.wordpress.com/

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: