1 Comment

Prévia – UFC On FX: Maynard vs. Guida

Para ler as prévias e palpites do UFC On FX, clique em Leia Mais.

Ken Stone (10-3, 1-2 UFC) vs. Dustin Pague (11-5, 1-1 UFC)

Vindo de uma excelente vitória sobre Jared Papazian no UFC on FX 3, Pague aceitou a luta há uma semana e agora quer ser um dos primeiros da história do UFC a conquistar 2 vitórias em 2 semanas. Ken Stone buscará a luta no chão para bater Pague, mas Pague está em um momento melhor e deve prevalecer.

Previsão: Pague vence por decisão.

Dan Miller (13-6, 1 NC, 5-5 UFC) vs. Ricardo Funch (8-3, 0-3 UFC)

De um lado o brazuca Ricardo Funch, do outro Dan Miller, o oponente mais fácil de Ricardo Funch no UFC. Miller vem de duas vitórias consecutivas e está a quase 10 meses sem lutar. Funch deve aproveitar a falta de ritmo de Miller para pressionar no começo e tentar um nocaute. Miller tentará usar seu wrestling superior para dominar Funch, que pode trabalhar seu cansaço. Se Funch cansar Miller, ele tem chances de vencer.

Previsão: Funch vence por TKO no 3º Round.

Matt Brown (14-11, 7-5 UFC) vs. Luis Ramos (19-7, 0-1 UFC)

Matt Brown foi uma grande zebra ao expor as fraquezas de Stephen Thompson sendo o primeiro homem a derrotá-lo numa luta em qualquer modalidade. Agora, encara o brasileiro Luis Beição que vem de derrota para Erick Silva, mas nós sabemos que Beição está pronto para vencer. Após assumir que não estudou o jogo de Beição, Brown poderá ser surpreendido pelo bom wrestling de Ramos, que virá com tudo para não perder outra luta no UFC.

Previsão: Beição vence por Submissão no 2º Round.

Nick Catone (9-2, 3-2 UFC) vs. Chris Camozzi (16-5, 3-2 UFC)

Nick Catone está sem lutar há 1 ano e 3 meses, em sua volta aos ringues irá encarar o striker Chris Camozzi. Será um clássico wrestler vs. striker e dependerá do ritmo de Catone e da defesa de quedas de Camozzi, o que funcionar melhor será fundamental para o vencedor. E neste caso, Catone tem experiência e queixo o suficiente para absorver os golpes de Camozzi até conseguir derrubá-lo.

Previsão: Catone vence por TKO no 3º Round.

Rick Story (13-5, 6-3 UFC) vs. Brock Jardine (9-1, 0-0 UFC)

De um lado, o ex-contender Rick Story irá enfrentar o estreante no UFC Brock Jardine. Story é muito mais experiente e tem um grande poder de nocaute, porém Jardine é um ótimo wrestler com boa força em suas mãos, Jardine se assemelha muito à Charlie Brenneman e Story pode vingar sua derrota para o mesmo nessa luta. Resta saber se Story conseguirá escapar da pressão imposta por Jardine para batê-lo.

Previsão: Rick Story vence por KO no 1º Round.

Steven Siler (20-9, 2-0 UFC) vs. Joey Gambino (9-0, 0-0 UFC)

Siler, lutador que todos tinham como finalizador, mostrou que tem um bom standup ao derrotar Cole Miller usando muitos strikes e combinações. Agora, enfrenta Joey Gambino, campeão dos penas da Cage Fury e que tem 8 vitórias por paralização em sua carreira. Resta saber como Gambino se portará em sua estreia no UFC. Mas Siler é um lutador bom demais para ser surpreendido para um novato desta forma.

Previsão: Siler vence por Decisão.

Ramsey Nijem (5-2, 1-1 UFC) vs. C.J. Keith (8-0, 0-0 UFC)

Dominando sua 2ª luta após perder o TUF 14, Ramsey Nijem agora encara o estreante CJ Keith, que nunca perdeu no MMA. Keith vai procurar usar seu wrestling e striking contra Nijem, que irá procurar botar pra baixo para finalizar. A chave da luta está na defesa de quedas de Keith. E ela compensará.

Previsão: CJ Keith vence por Decisão.

Hatsu Hioki (26-4-2, 2-0 UFC) vs. Ricardo Lamas (11-2, 2-0 UFC)

Após recusar uma luta contra Jose Aldo, Hatsu Hioki agora enfrenta Ricardo Lamas que está invicto desde que passou a ser um peso-pena e invicto também no UFC. Lamas procurará um nocaute o quanto antes pois sabe que Hioki é muito superior a ele tecnicamente, Hioki irá querer fechar a distância, derrubar Lamas e controlar a luta no chão e mostrará porque é o melhor lutador oriental no UFC atualmente.

Previsão: Hatsu Hioki vence por Decisão.

Ross Pearson (13-5, 5-2 UFC) vs. Cub Swanson (16-5, 1-1 UFC)

E temos um dos candidatos a luta da noite! De um lado, o ex-peso leve Ross Pearson que vem de vitória em sua estreia como peso-pena sobre Junior Assuncao, de outro, Cub Swanson que vem de um belo TKO sobre George Roop.

Ross Pearson Jumping Knees Aaron Riley UFC 105

Ross Pearson acerta joelhadas em Aaron Riley no UFC 105

Um boxeador com excelente striking, Ross Pearson quer provar que pode ser um desafiante a altura de José Aldo e, para isso, vai precisar passar sobre o fortíssimo Cub Swanson. Pearson terá que trabalhar com a distância, com o counter-punching e com seus takedowns se quiser parar o sempre agressivo Cub Swanson. A chave de sua vitória é manter a calma e não se expor aos golpes de Swanson.

Cub Swanson nocauteia George Roop

Do outro lado, um dos strikers mais excitantes entre os pesos-pena, Cub Swanson declarou recentemente que prefere enfrentar alguém disposto a trocar com ele do que alguém que o deixe mais perto da luta pelo título, o pedido agradou Dana White que o deu um lutador que oferece ambas as opções. Chutes, socos e uma guarda bem ativa, é com estes artifícios que Cub Swanson procurará vencer Ross Pearson. Resta saber se sua explosão será o suficiente para bater o inglês que se mostrou muito melhor como um peso-pena do que como um peso-leve.

Previsão: Cub Swanson é extremamente explosivo, porém Ross Pearson é melhor lutador. Ross Pearson vence por TKO no 3º Round.

Brian Ebersole (49-14-1, 3-0 UFC) vs. T.J. Waldburger (15-6, 3-1 UFC)

O ‘Anderson Silva Branco’. Ter um apelido desses não é pra qualquer um e o sempre divertido veterano Brian Ebersole está disposto a provar que ele merece ser chamado assim. Já são 10 vitórias consecutivas para Ebersole, de 31 anos, que busca o título da categoria, seu oponente é o jovem TJ Waldburger, ex-campeão dos meio-médios do Shark Fights que só perdeu para Johny Hendricks no UFC.

Brian Ebersole inovando com um Cartwheel Kick

Um dos lutadores mais divertidos de se ver lutar, Brian Ebersole tem um estilo extremamente unortodoxo e diferente de ser e lutar, fazendo desenhos em seu corpo com os pelos de seu abdômen, Ebersole é um versátil striker com um wrestling excelente e uma experiência de mais de 60 lutas. Ebersole tem apenas 31 anos e, se não decair muito rápido por causa da idade, tem tudo para ser um dos próximos contenders do UFC.

TJ Waldburger finaliza Jake Hecht de maneira espetacular.

Seu oponente será um dos lutadores com a guarda mais ativa no MMA, TJ Waldburger tem apenas 24 anos e vem de 2 vitórias consecutivas, duas por finalização trabalhando por baixo. Agora, Waldburger enfrenta o maior oponente de sua carreira, um dos lutadores mais subvalorizados de todo o MMA, Brian Ebersole. A chave para Waldburger será saber usar sua guarda ativa contra Ebersole, o que será difícil visto que nem Chris Lytle conseguiu finalizá-lo no chão.

Previsão: Ebersole não dá chance para Waldburger. Ebersole nocauteia no 1º round.

Sam Stout (17-7-1, 6-6 UFC) vs. Spencer Fisher (24-8, 9-7 UFC)

No Co-Main Event da noite, uma luta que não definirá disputa de cinturão, não elevará nenhum dos dois lutadores na divisão e não tem sentido nenhum de acontecer… A não ser que seja a terceira para fechar uma trilogia que já teve duas das melhores lutas de todos os tempos! Sam Stout encara Spencer Fisher na despedida de Fisher em um duelo de rivais-amigos e veteranos do UFC.

Sam Stout nocauteia Yves Edwards no UFC 131

De um lado, Sam ‘Hands Of Stone’ Stout, no UFC desde 2006, quando tinha apenas 21 anos. Stout estreou justamente contra Fisher e em uma decisão dividida, venceu uma das lutas mais excitantes e disputadas da história do UFC. Tão disputada e excitante que sua 3ª luta na empresa foi contra o mesmo Fisher. Outra lutaça, mas desta vez, Stout estava do lado derrotado. Sua carreira então começou a se montar e o mundo descobriu o poder de nocaute e a vontade de trocar que Sam Stout tinha, 5 anos desde sua última luta contra Fisher, Stout volta a entrar no ringue contra seu rival, vindo de uma derrota para Thiago Tavares. Ele entra como favorito e uma vitória é mais do que provável já que está mais inteiro que seu oponente. Não há táticas para vitória aqui, Stout quer honrar Fisher e nada como outra trocação franca por 15 minutos para isso acontecer.

Spencer Fisher nocauteia Matt Wiman

Do outro lado, o veterano de 36 anos Spencer Fisher busca uma despedida dos sonhos, uma vitória sobre seu maior rival. Fisher vem de 4 derrotas nas últimas 5 lutas e faz parte do UFC desde 2005. Estreou vencendo o top Thiago Alves e se aposentará após 32 lutas sempre divertidas e emocionantes. Fisher também buscará a trocação franca, porém mais contusões e um corpo mais desgastado pode atrapalhá-lo em busca de sua grande despedida.

Previsão: Esperem outra luta 5 estrelas com ambos indo com tudo pra cima. Mais preparado, Sam Stout deve vencer por decisão.

Gray Maynard (10-1-1, 1 NC, 8-1-1, 1 NC, UFC) vs. Clay Guida (29-12, 9-6 UFC)

Chegamos à luta principal da noite! Dois dos mais dominantes lutadores dos pesos-leves se enfrentam para voltar a serem contenders e lutarem pelo cinturão que atualmente está na cintura de Ben Henderson.

Gray Maynard passou perto de se tornar o campeão dos leves do UFC por 2 vezes.

Pode parecer estranho, mas já faz 1 ano e 10 meses desde a última vez em que Gray Maynard pôde comemorar uma vitória. Apenas 2 lutas desde então, ambas contra Frankie Edgar acabadas em empate e derrota, respectivamente o colocam longe de vitórias.

Maynard é um dos melhores pesos-leves do UFC e as derrotas para Frankie Edgar não significam muito já que já derrotou Edgar uma vez e as 2 lutas foram extremamente disputadas. As chaves para Maynard vencer a luta serão seu gancho de esquerda, seu uppercut de direita e sua habilidade de manter Guida no chão. Guida tem um excelente queixo e raspa muito bem, sendo um oponente muito difícil de ser atingido. Maynard terá um difícil trabalho contra um dos mais fortes pesos-leves da categoria.

Clay Guida finaliza Takanori Gomi

Do outro lado, um lutador praticamente impossível de nocautear, Clay Guida já provou inúmeras vezes que tem um queixo de granito e que seu melhor jogo é o antijogo. Guida procurará anular Maynard para vencer a luta e ficar perto de uma luta pelo título dos leves do UFC.

Clay Guida é um wrestler excelente. Fim. Este é o maior artifício ofensivo de Clay Guida, que tem em sua defesa o seu verdadeiro jogo. Um estilo unortodoxo de se movimentar no ringue, a consciência de que não é um bom striker, uma guarda sempre ativa com excelente habilidade de raspagem e uma ótima defesa de quedas e habilidade de ditar o ritmo da luta. É isso que Clay Guida traz para o combate contra Gray Maynard, resta saber se será o suficiente para parar o wrestler de mão-pesada que enfrentará Guida. A luta tem tudo para ser um show de muita trocação, takedowns e momentos distintos de cada um.

Previsão: Uma decisão apertada que pode ir para qualquer lutador. Clay Guida é favorito pelo momento, tendo perdido apenas 1 luta das últimas 5 e sendo ela para o atual campeão, Ben Henderson. Guida vence por decisão.

About Lucas Lutkus

Acessem http://winformativo.com/ e https://inthefightclub.wordpress.com/

One comment on “Prévia – UFC On FX: Maynard vs. Guida

  1. […] Horário: A partir das 17h40 (Card Preliminar); A partir das 22h (Card Principal) Prévia: https://inthefightclub.wordpress.com/2012/06/22/previa-ufc-on-fx-maynard-vs-guida/ Onde Passa: Premiere Combate O IN THE FIGHT CLUB FARÁ A COBERTURA AO VIVO DO […]

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: